sexta-feira, 19 de junho de 2009

o tucano está nú!



ocaso tucano em rede nacional
Quem assistiu nesta terça-feira as inserções do PSDB nos intervalos do horário nobre deve ter pensado: que lástima! Os social-democratas praticamente inventaram o moderno marqueting político, com FHC, e agora expõe pras salas de todo o Brasil sua própria falta de rumo e unidade. Na verdade, copiaram o modelo do Bill Clinton, mas tudo bem. As duas vinhetas de 30 segundos deixaram no ar a impressão de um partido confuso, desnorteado e dividido. Aliás, pareciam feitas por dois grupos diferentes - dois partidos sob uma mesma sigla?

Aécio em primeiro, Serra em quinto
A primeira vinheta tinha a clara intenção de projetar o mineiro Aécio Neves pruma possível candidatura presidencial em 2010. O neto de Tancredo foi apresentado como o “melhor governador do Brasil”, segundo pesquisa da Folha de São Paulo. No mínimo curioso: na capa do jornal apresentado, mesmo este míope cronista conseguiu ler: “Serra caiu de terceiro pra quinto lugar”.

requentando o fadado Choque de Gestão
Em tempos de Estado fortalecido té nos estêites, o comercial apostou no neoliberal “Choque de gestão” apresentado ao país pelo próprio Aécio em Minas, pelo Alckmin em São Paulo e pela Yeda Crúcius no Rio Grande do Sul (ela ainda está no cargo? - maldade do cronista...). “Gastar menos com o Governo e mais com as pessoas”, o resumo, uma subjetividade. Sem tempo pra aprofundamentos, foram citadas por alto uma ação na área de Educação e outra na área de Saúde como cartões de visita de Aécio Neves e do tal choque de gestão.

de volta à estética FHC
A outra vinheta começou com um bolo de aniversário, lembrando “conquistas do PSDB”. A saber: Medicamentos genéricos (10 anos), Plano Real (15 anos) e Seguro desemprego (20 anos). Em seguida, o VT se concentra na figura do governador paulista, José Serra. Quem assistiu as eleições de 2002 e acompanhou o tucano nos noticiários nos últimos anos deve ter notado um esforço hercúleo pra desfazer a pecha de “chato” grudada na alongada testa do ex-ministro da Saúde.

neurociência cognitiva, ou idealismo vazio?
Na fala de Serra, há de se pontuar o abandono tucano tanto aos ataques ao Governo Lula quanto ao histórico discurso técnico do partido. Parecia um guru indicando o caminho da felicidade: “É assim que o PSDB enfrenta os momentos de dificuldade: acreditar no Brasil e na força dos brasileiros; com fé no futuro e esperança”. Faltou indicar o endereço do templo.

projeto? Candidato? Posicionamento político?
O resumo aponta um PSDB perdido e indeciso. Não tem mais projeto pro país? Não consegue unidade sequer pra bolar duas vinhetas pro horário nobre? Não é mais oposição ao Governo Lula, apenas uma alternativa? O PSDB dormiu no ponto e parece estar cego – deve até mudar seu mascote, mas não há consenso entre o morcego e a coruja.

3 comentários:

  1. XENXAXIONAL!!
    Cabra, muito bom teu blog!! Leitura obrigatória...
    abração!!

    ResponderExcluir
  2. Exmo(a). Sr(a),

    Eu, Psicóloga e estudante do Mestrado em Psicologia Clínica no Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA), venho por este meio solicitar a sua participação e apoio na divulgação de um estudo sobre a Satisfação com as Relações de Compromisso em Portugal.

    O objetivo deste estudo é compreender o impacto que os diferentes tipos de acordos relacionais têm na satisfação com a relação de compromisso.

    Nós estamos neste momento no fim da recolha da amostra para este estudo. Porém, a subamostra que está menos representada é aquela composta por pessoas não-heterossexuais que estão comprometidas a uma relação de compromisso. Tendo como objetivo aumentar a representação desta subamostra, contamos com a sua ajuda para divulgar o nosso estudo de uma forma mais próxima e direta. Se puder ajudar-nos, isto trará uma grande mais-valia para a representação da subamostra de não-heterossexuais neste estudo.

    O presente questionário destina-se a mulheres e homens com 18 anos de idade ou mais, que estão neste momento comprometidos a uma relação de compromisso.

    A participação é totalmente anónima e confidencial e não serão recolhidos quaisquer dados identificativos dos participantes.

    O questionário está disponível em: http://bit.ly/20528YN

    Michelle França, investigadora responsável
    E-mail: michelledemattos@hotmail.com
    ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
    Rua Jardim do Tabaco, n.º 34, 1149-041 Lisboa.

    Agradeço desde já pela sua atenção.

    Com os melhores cumprimentos,

    Michelle.

    ResponderExcluir